Experimentos controlados de tratamentos na atenção à saúde
Email to someoneTweet about this on TwitterShare on FacebookPin on PinterestShare on LinkedIn

Cite as: James Lind Library Experimentos controlados de tratamentos na atenção à saúde (http://www.jameslindlibrary.org/essays/experimentos-controlados-de-tratamentos-na-atencao-a-saude/)


Nos últimos cinqüenta anos, o atendimento à saúde teve um enorme impacto sobre a possibilidade das pessoas viverem mais e ficarem livres de problemas sérios de saúde. Estima-se que o atendimento à saúde tem sido responsável por mais ou menos um terço e meio do aumento na expectativa de vida e uma média de cinco anos a mais livre de problemas crônicos de saúde (Bunker et al. 1994). Todavia, o público poderia ter obtido – e ainda pode obter – um benefício muito maior dos recursos mais importantes investidos em pesquisas voltadas para a melhoria da saúde. Além disso, alguns tratamentos mal-sucedidos do passado poderiam ter sido evitados e outros poderão ser evitados no futuro.

A James Lind Library foi criada para melhorar a compreensão geral sobre os experimentos controlados de tratamentos no atendimento à saúde e como eles evoluíram ao logo do tempo.

Declarações falsas sobre os efeitos de tratamentos são comuns, portanto, todos nós devemos entender como são produzidas as afirmações embasadas sobre os efeitos de tratamentos. Sem este conhecimento, corremos o risco de concluir que tratamentos ineficazes são eficazes, ou de que tratamentos eficazes são ineficazes.

Os experimentos controlados de tratamentos são testes que visam obter informações seguras sobre os efeitos de tratamentos, através da redução das influências equivocadas de  vieses  ou de obras do  acaso . Quando ignoramos a necessidade de experimentos controlados de tratamentos, as pessoas sofrem e morrem desnecessariamente.

Os artigos explicativos da James Lind Library foram escritos para promover um entendimento maior do motivo pelo qual os experimentos controlados de tratamentos são necessários, e no que eles consistem. Para acessar os artigos, clique nas palavras sublinhadas, abaixo, ou selecione-os na tela Conteúdo (Conteúdo). Para fazer o download de todos os ensaios, de modo a serem impressos para serem lidos fora da tela,  clique aqui .

Os  experimentos controlados são necessários  porque existem muitas pessoas sendo prejudicadas inadvertidamente quando as decisões de tratamento não levam em conta evidências confiáveis.

Os  princípios dos experimentos controlados  têm evoluído há pelo menos um milênio – e ainda hoje continuam evoluindo.

As  comparações  são fundamentais para tratar de  incertezas legítimas  sobre os efeitos de tratamentos. As comparações controladas de tratamentos devem evitar  vieses , seja das  diferenças entre as pessoas comparadas  ou das  diferenças na forma como os desfechos dos tratamentos são avaliados . A identificação segura dos efeitos  imprevistos de tratamentos  apresenta desafios específicos.

A  interpretação de comparações imparciais  nem sempre é clara. Não raro, os efeitos do tratamento são desconsiderados devido às  diferenças entre os tratamentos planejados e os tratamentos recebidos . O  efeito do acaso  também pode levar a equívocos.

Os experimentos controlados de tratamentos devem levar em consideração todas as evidências relevantes. A preparação de avaliações sistemáticas de todas as evidências relevantes envolve a redução do impacto do viés  de  informações e de seleção a partir da evidência disponível . Um método estatístico denominado  meta-análise  pode ajudar a evitar equívocos  causados pelo acaso  nas avaliações sistemáticas.

É preciso fazer  avaliações sistemáticas atualizadas de todas as evidências relevantes e confiáveis  dos experimentos controlados de tratamentos no atendimento à saúde. Mesmo com avaliações sistemáticas atualizadas, entretanto, é importante estar alerta quanto aos vieses e às ‘interpretações pessoais”. Isto pode gerar avaliações distintas, que supostamente abordam a mesma questão, mas que chegam a conclusões contraditórias.

Em suma, a James Lind Library contém os seguintes artigos:

Por que os experimentos controlados são necessários ?

Por que as comparações são fundamentais?

Por que as comparações devem tratar de dúvidas legítimas?

Precaução nas comparações com vícios

Diferenças entre as pessoas comparadas

Diferenças na maneira como os resultados dos tratamentos são avaliados

Interpretação de comparações sem vícios

Diferenças entre tratamentos planejados e tratamentos de fato recebidos

Consideração do efeito do acaso

Identificação dos efeitos imprevistos do tratamento

Revisões sistemáticas das evidências relevantes

Como lidar com o vício da evidência disponível

Precaução com o vício da evidência disponível

Avaliações sistemáticas atualizadas das evidências relevantes e confiáveis

Avaliações sistemáticas atualizadas de todas as evidências relevantes e confiáveis

Estes artigos explicativos valeram-se de um rico material ilustrativo da James Lind Library. Para acessá-los, clique nos links sublinhados ou nas imagens dos arquivos.

O texto destes artigos pode ser copiado e usado para fins não comerciais, desde que seja feito com reconhecimento explícito à ‘The James Lind Library (www.jameslindlibrary.org)’.

O material contido nos artigos também fora incluído na obra de Evans, Thornton and Chalmers, ‘Testing Treatments: better research for better health care’ – um livro de 100 páginas publicado em 2006 pela British Library. ISBN 0-7123-4909-X.

Testing Treatments: better research for better health care

: